Começando bem a semana: Milan Kundera na Livraria da Silvia!


seg, 11 agosto, 2014

Em A Festa da Insignificância, no estilo fuga com variações sobre um mesmo tema, Kundera transita com naturalidade entre a Paris de hoje em dia e a União Soviética de ontem, propondo um paralelo entre essas duas épocas.

Assim o romance tematiza o pior da civilização e lança luz sobre os problemas mais sérios com muito bom humor e ironia, abraçando a insignificância da existência humana.

Bom humor e ironia fazem problemas sérios entrarem em perspectiva, não?

Compartilhe:

Agosto é um mês muito especial para o mundo e na história brasileira também!


dom, 10 agosto, 2014

Na terceira e última parte da série biográfica sobre Getúlio Vargas, Lira Neto reconstitui os acontecimentos políticos e pessoais mais importantes dos anos finais do ex-presidente.

Entre a deposição por um golpe militar, em outubro de 1945, e o suicídio, em agosto de 1954, o livro revela como a história do Brasil se entrançou com a vida de Getúlio, inclusive enquanto afastado do poder.

Compartilhe:

Para um papai ainda mais especial!!! Ou você não conhece o papai do Nemo?


sex, 8 agosto, 2014

Seu pai é daqueles que atravessaria um oceano por você?

Então esse é o presente ideal para homenageá-lo no Dia dos Pais!

Cheio de ilustrações fofas e mensagens carinhosas, o peixinho Nemo, declara todo seu amor a seu paizão.

Compartilhe:

É domingo!!!


sex, 8 agosto, 2014

O melhor pai do mundo é um livro-presente que traz um agradecimento pelos puxões de orelha, pelo ombro amigo, pela compreensão diante das nossas transformações e teimosias.

Pai é sempre o nosso super-herói, a pessoa que queremos por perto para nos levantar dos nossos tombos e vibrar com nossas conquistas.

Inspiração e espelho!!!

Compartilhe:

Avô é pai duas vezes! Viva o vovô!!!


qua, 6 agosto, 2014

Uma forma diferente e especial de homenagear àquelas pessoas que têm um papel importante em sua vida e lhes mostrar o quanto elas são importantes para você.

Com um lindo Diploma para o melhor avô que pode ser destacado e preenchido, assim, o presente se torna muito mais marcante e personalizado.

Compartilhe:

E para o melhor pai do mundo???


qua, 6 agosto, 2014

Um livro com mensagens de reconhecimento e carinho para os pais.

Vem acompanhado de um diploma que será oferecido ao melhor pai do mundo.

Compartilhe:

Dia dos Pais? Histórias da História!!!


qua, 6 agosto, 2014

Em Catástrofe – 1914 a Europa vai à guerra, Hastings relata como, após o assassinato do arquiduque Franz Ferdinand, as relações diplomáticas se degeneraram e os países europeus lançaram-se numa calamidade que deixaria um saldo de milhões de mortos.

Com estilo característico, o autor explora detalhes da realidade da guerra pelos olhos de estadistas, aristocratas, soldados e camponeses, oferecendo uma análise brilhante das decisões de líderes políticos e militares e pintando um retrato vívido do começo do conflito.

Após o reinado de mais de seis décadas da Rainha Victoria (1819-1901) e da impressionante expansão do Império Britânico impulsionada pela Revolução Industrial, o Reino Unido recebeu a coroação de Edward VII (1841-1910) com algumas ressalvas.

O filho mais velho de Victoria tinha então 59 anos e era conhecido por ser mulherengo, glutão e dado a jogos de azar. Um de seus casos amorosos causou tal escândalo que muitos dizem que matou de desgosto seu pai, o Príncipe Albert (1819-1861), poucas semanas depois.

E Victoria nunca perdoou o filho por isso.

Mas a história pode surpreender os mais céticos. Edward VII acabou sendo conhecido como Edward, o Pacificador, e seu reinado, mesmo que curto (apenas nove anos), foi crucial para algumas movimentações políticas no Reino Unido e na Europa.

Lançado originalmente em 1933, o livro Depois da Rainha Victoria, Edward VII traça um perfil elegante, como é costume na bibliografia do escritor André Maurois, de um monarca repleto de contradições em um momento importante da história mundial, a passagem do século XIX para o XX os impérios que dominavam o mundo no século XIX estavam para ruir com a Primeira Guerra Mundial, e um novo ator surgia com força no cenário político mundial: os Estados Unidos (antes de ser coroado, Edward VII foi o primeiro membro da Casa Real Britânica a visitar oficialmente a antiga colônia).

Enquanto o mundo se contorcia em mudanças o cinema e o carro tinham acabado de ser inventados , Edward VII tentava arrumar a própria casa contendo os ânimos de conservadores e liberais que brigavam por uma nova Constituição.

Maurois, sempre fascinado pelos meandros da nobreza britânica, disseca esses jogos de poder em um livro indispensável para quem gosta de história e política.

Compartilhe:

Dia dos Pais? Delícias para o Chef da família fazer (e comer)!!!


qua, 6 agosto, 2014

AS 101 MELHORES RECEITAS BRASILEIRAS

O livro traz cem receitas típicas do Brasil, cuidadosamente escolhidas para atingir o público de todo o país, com ingredientes fáceis de encontrar.

As imagens de cada receita serão produzidas com o zelo necessário e deixaram o livro ainda mais interessante.

Compartilhe:

Leia os bons motivos para ler As Aventuras do Bom Soldado SVejk, de Jaroslav Hasek, na critica da Veja de 23 de julho!


qui, 24 julho, 2014

…       “Alguns grandes personagens da literatura deixaram pegadas em dicionários de diversas línguas. Em português, o quixotismo (de Dom Quixote) e o bovarismo (se Emma Bovary) são duas maneiras de negar a realidade, ao passo que é a acaciana (Conselheiro Acácio) uma tolice pomposa. A palavra svejk ainda não pertence ao nosso léxico, mas a oportunidade de adotá-la acaba de surgir.

Em línguas do leste europeu, mas também no inglês informal, ela designa aqueles que parecendo simplórios e submissos, se especializam em driblar a ordem, ou subvertê-la a partir de dentro.   …”

Não dá para fazer de conta que não interessa!!!

Popular mas não raso, uma ótima leitura para todos os sabores!

Compartilhe:

Beleza não é tudo, já disseram, mas… Marlon Brando teve tudo?


qui, 24 julho, 2014

A Face Sombria da Beleza dá uma nova visão sobre este ator extraordinário, homem complexo e vida de altos e baixos: Marlon Brando.

Como o homem de uma beleza inimaginável, de uma sedução extraordinária, de um talento sem igual pôde se transformar num fantasma obeso que se afundou na tragédia?

Que não parou de depreciar sua profissão?

Que não sabia quantos filhos tinha? Que assistiu, impotente, ao crime cometido por seu filho e ao suicídio da filha?

Como Don Juan, ele teve todas as mulheres que desejou – Ava Gardner, Shelley Winters, Ursula Andress, Marilyn Monroe, Pier Angeli, Vivien Leigh, Rita Moreno – e foi desejado por muitos homens, Tennessee Williams, Jean Cocteau, Laurence Olivier, entre outros.

Teve três esposas e um amigo.

As esposas passaram, o amigo ficou com ele até o fim – Christian Marquand, comediante do filme ‘E Deus criou a mulher’, único ponto de apoio da vida de Brando.

Marlon Brando – A face sombria da beleza, biografia extremamente bem-documentada, relata a vida e o declínio de um dos maiores e mais belos atores de todos os tempos.

Compartilhe: