Para as férias e para toda a vida, uma obra de arte!!!


ter, 27 janeiro, 2015

Em belíssimo ensaio ilustrado, Umberto Eco discorre sobre a história de lugares como Camelot, Atlântida, o paradeiro do Santo Graal, Lemúria, a ilha de Salomão, o Eldorado e o país da rainha de Sabá – lendas tão bem construídas pela literatura e disseminadas em pinturas, filmes e canções, que muita gente pode acreditar que sejam reais.

Ao aliar uma antologia de textos a uma pesquisa iconográfica impecável, o autor descreve o que há de interessante por trás das terras que fascinaram tantos artistas ao longo dos séculos.

História das terras e lugares lendários dá sequência aos projetos bem-sucedidos de História da beleza, História da feiura e Vertigem das listas, que em  formato e projetos editoriais idênticos compõem esta série essencial, espetacular!!!

Compartilhe:

Comprei um livro, li e agora? Dá para trocar? Com quem?


seg, 26 janeiro, 2015

Viciados em leitura, vamos experimentar trocar livros neste sábado, dia 31, entre 14 e 18hs?

A Livraria da Silvia propõe um encontro mensal para que seus clientes e não-clientes possam trocar, entre si, os livros já lidos.

Traga 1 ou 2 livros (que não adianta trazer a casa toda, não é?) e muita vontade de conhecer outros leitores para trocar livros neste final de férias!

Como não trabalhamos com livros usados (pelo menos por enquanto), nosso papel é apenas facilitar o encontro, que tal?

Um encontro entre adictos da leitura vai ser legal para nos conhecermos e trocarmos também opiniões, informações e ainda levarmos uma nova história, um livro semi-novo para casa…

Compartilhe:

Férias acabando? Mas não as boas leituras!


sex, 23 janeiro, 2015

Depois de O Menino da Mala, agora a autora nos leva, em um novo romance Morte Invisível, à realidade do leste europeu – que está acontecendo em todo o mundo – para falar de espionagem, suspense, terrorismo, religiosidade…

Em meio às ruínas de um hospital militar soviético no norte da Hungria, Pitkin e Tamás procuram antigos suprimentos e armas que possam vender no mercado negro, até que acabam encontrando algo mais valioso do que poderiam imaginar.

Ali está a esperança dos meninos ciganos de deixar a pobreza, de quitar as dívidas da família, quem sabe de se livrar um pouco do preconceito que sofre o seu povo, porém, suas boas intenções podem provocar a morte de um número alarmante de pessoas.

Na Dinamarca, a enfermeira Nina Borg também se preocupa com o bem-estar dos desfavorecidos, e por isso colocará sua vida em risco mais uma vez. Chamada às pressas para cuidar de um grupo de ciganos húngaros, ela descobre uma doença misteriosa que se espalha de forma implacável.

Ao investigar o caso, percebe que há algo de podre em toda aquela história, um segredo perigoso, guardado a sete chaves pelos imigrantes, que pode envolver terrorismo e fanatismo…

Nina acabará colocando sua família na mira de criminosos e se verá diante de uma crise sem precedentes que mobilizará o país.

Imaginação ou realidade???

Compartilhe:

Em tempos de Oscar é bacana conhecer o que saiu dos livros para as telas de cinema!


qua, 21 janeiro, 2015

Desde o começo, o cinema sempre procurou a literatura como fonte de inspiração, no entanto, o segredo para transpor a história das páginas para a tela parece conhecido apenas por alguns poucos.

Por que nomes como Kubrick, Renoir e Bresson foram capazes de criar obras capitais enquanto outros fracassaram enormemente?

Este livro examina a arte e a técnica da adaptação através de cem casos que levantam questões amplamente diversificadas, em mergulho edificante no mundo da sétima arte mistura filmes de diversas nacionalidades, épocas e gêneros, da literatura policial à ficção científica.

Uma ferramenta para todos escritores, roteiristas e cinéfilos que, através de exemplos concretos, vai proporcionar uma nova visão sobre a adaptação literária para o cinema.

Compartilhe:

Aproveitando as férias com ótimos livros!


ter, 20 janeiro, 2015

Debaixo da Universidade, bem lá no fundo, há um lugar escuro e que poucas pessoas sabem de sua existência, uma rede descontínua de antigas passagens e cômodos abandonados.

Ali, bem no meio desse local esquecido, situado no coração dos Subterrâneos, vive uma jovem. Seu nome é Auri, e ela é cheia de mistérios.

A música do silêncio é um recorte breve e agridoce de sua vida, uma pequena aventura só dela.

Ao mesmo tempo alegre e inquietante, esta história oferece a oportunidade de enxergar o mundo pelos olhos de Auri, e dá a chance de conhecer algumas coisas que só ela sabe…

Compartilhe:

2 segundos nas férias? E na vida? Será que fazem alguma diferença???


ter, 20 janeiro, 2015

Em uma manhã nebulosa de 1972, a vida de Byron Hemming, de 12 anos, muda de repente: tudo acontece em menos de dois segundos, quando ele e a mãe se envolvem em um acidente de carro.

Embora o garoto tenha certeza de que o acidente aconteceu, sua mãe age como se nada tivesse acontecido…

Nos dias e nas semanas seguintes, Byron embarca em uma jornada para descobrir o que realmente houve naquela manhã que mudou sua vida.

Junto com o amigo James, ele cria a Operação Perfeito, um conjunto de planos para tentar resolver a situação.

E então… 2 segundos para fazer a diferença!

Compartilhe:

Recuperar a mulher? Ou o carro??? Ah… pura diversão!!!


seg, 19 janeiro, 2015

Em O Cão do Sul, Ray Midge acabou de completar 26 anos, e pouco fez até agora: foi revisor num jornal, pensou em estudar diversas coisas, de engenharia a história, mas não se aprofundou em nada.

Ainda recebe dinheiro do pai, e é casado com uma garota que gostaria de ser algo mais na vida.

Mas agora ele será obrigado a sair de casa e se lançar no mundo, e por um motivo simples – Norma, sua mulher, fugiu com o primeiro marido para o México, e ele está disposto a encontrá-los.

A narrativa do escritor mergulha o leitor numa visão de mundo cômica e cáustica, povoada de figuras hilárias, malucas, mas ainda assim capazes de grandes gestos.

Compartilhe:

Chegou! 1922 foi ano muito mais marcante do que pela Semana de 22, no Brasil!!!


seg, 19 janeiro, 2015

Constelação de gênios é a biografia de um ano marcante na história mundial – 1922.

O livro apresenta um retrato do período mais efervescente da modernidade, o contexto em que James Joyce e T. S. Eliot publicaram seus escritos mais famosos.

Eventos como o fim do Império Otomano se juntam à morte de Proust e à transformação de Hollywood em centro da fama, cunhando um panorama não só cultural, mas também social e político do ano de 1922.

Neste mesmo ano, Hitchcock dirige seu primeiro filme; Kandinsky e Klee se juntam a Bauhaus; Louis Armstrong pega o trem de New Orleans para Chicago; e começa o Renascimento do Harlem.

Em um cenário de ebulição cultural, Kevin Jackson consegue mapear os acontecimentos mais importantes e entrega ao leitor um diário intenso e apaixonante sobre o ano que é considerado por muitos o mais importante do modernismo.

A biografia de 1922 é uma jornada pelo dia a dia de atores, antropólogos, artistas, dançarinos, diretores de cinema, filósofos, políticos, escritores e cientistas cujas vidas e trabalhos colidiram nesses 12 meses, criando um frenesi de inovação que mudou radicalmente a face do mundo.

Compartilhe:

Parabéns leitores!!!


qua, 7 janeiro, 2015

Viajamos mais, conhecemos mais gente, mais oportunidades e ótimos momentos!

Só algumas – poucas – sugestões:

Compartilhe:

Um feliz 2015 começa com gente bonita… Sempre lindas!!!!


seg, 5 janeiro, 2015

Ontem, hoje e amanhã é um livro revelador não apenas em relação à vida pessoal de Sophia Loren, mas também sobre a história do cinema e de outros grandes nomes da sétima arte com quem Loren dividiu os holofotes – Marcello Mastroianni, Vittorio De Sica, Peter Sellers, Charlie Chaplin e Audrey Hepburn…

Sophia Loren sempre encantou o mundo com sua beleza estonteante, seu charme incomparável e suas atuações marcantes.

No entanto, pouco sabemos sobre a mulher por trás das câmeras, agora, ao completar oitenta anos de vida, Loren resolve contar sua história que, segundo ela própria, mais se assemelha a um conto de fadas.

Nesta biografia, conhecemos a verdadeira Brigitte Bardot – mimada, complexada, voluntariosa e, ao mesmo tempo, talentosa, sensível, encantadora…

É essa ambiguidade o verdadeiro atrativo da atriz, que conquistou o público, amantes e famosos diretores de cinema, antes de se recolher ao ostracismo, auto imposto para cuidar dos animais.

De femme fatale à figura polêmica na França, Lelièvre descortina a vida de uma das mulheres mais famosas do mundo, que ainda permanecia misteriosa para muitos.

São mulheres sensacionais ou não???

Compartilhe: